Mongólia

Nome Oficial:  República Popular da Mongólia

Área: 1.564.160 km²

Capital: Ulan Bator

População: 2,7 milhões (estimativa 2009)

Nacionalidade: mongol

Governo: República Parlamentarista

Divisão administrativa: 21 províncias e 1 municipalidade

Continente: Ásia Oriental e Central

Cidades Principais: Ulan Bator, Darhan, Erdenet, Choybasan, Altay

Clima: na região sul é temperado continental árido, enquanto no corte é árido frio

Idioma: mongol (oficial) e cazaque

Religiões principais:  crenças tradicionais (31,6%), sem religião (30,2%), budismo (22,5%), ateísmo (8,8%), islamismo (4,8%), cristianismo (1,5%), outras (0,6%)

Moeda: tugrik


A cultura da Mongólia é bastante homogênea, havendo poucas diferenças no seio da população. A Mongólia tem o seu próprio grupo étnico, que compreende 85% da população do país, a língua oficial o calca-mongol é falada por 90% das pessoas e 96% da população é budista. A dieta da população depende da região do país considerada e consiste sobretudo em carne, sendo os vegetais uma novidade na dieta mongol. No sul, consome-se cordeiro e muitos produtos derivados do camelo. Nas montanhas, a carne bovina é muito mais comum. Na capital, Ulaanbaatar, existe uma vasta variedade de comida disponível, a maior parte desta importada.

Acima de tudo, não há figura mais venerada na cultura popular mongol do que Genghis Khan, o fundador do Império Mongol no século XIII. Seu local de nascimento, seus possíveis locais de sepultamento, supostas relíquias pertencentes ao antigo conquistador mongol, são celebrados em procissões e feriados nacionais e considerados sagrados — num ponto onde cultura e religião começam a se fundir.